O Sporting deslocou-se a Porto Salvo para «acertar calendário» no campeonato, conseguindo mais uma vitória (4-3). Marcelinho «bisou».

A equipa de Orlando Duarte foi ao pavilhão da «surpresa» deste campeonato – os «Leões» de Porto Salvo ocupam a terceira posição do Nacional – para a realização da partida em atraso da 12.ª jornada e conseguiu regressar a Alvalade com os três pontos, que foram tão merecidos como complicados.

Os «verdes e brancos» – que continuam a ter vários jogadores importantes de fora por lesão – inauguraram o marcador por Buiu, aos 11 minutos, mas os visitados empataram pouco depois, surgindo Marcelinho, ainda antes do intervalo e por duas vezes, a colocar o Sporting a vencer (3-1) por altura do descanso.

A segunda parte voltou a ser jogada a uma velocidade vertiginosa, com a máxima «ataque, contra-ataque» a ser seguida à risca pelas duas equipas, que proporcionaram um excelente espectáculo.

Pedro Cary dilatou a vantagem do Sporting, aos 25 minutos, e pensou-se que o jogo estaria resolvido, mas os «Leões» de Porto Salvo reagiram e reduziram para 4-3 a 10 minutos do final da partida, que foram de grande emoção, com os comandados por Orlando Duarte a segurarem a vantagem, mesmo perante o 5×4 adversário.

O Sporting visita o pavilhão da Luz no próximo fim-de-semana, para mais um «derby» da modalidade.