Precisar de vencer o Barcelona em pleno Camp Nou e sentar no banco pedras fundamentais como Fábio Coentrão, Gelson Martins e Bas Dost é um sinal claro que a prioridade de Jorge Jesus estava a… qualquer coisa como 1.150 quilómetros da cidade condal, mais precisamente no Estádio do Bessa, onde os leões jogam pela liderança da Liga já no sábado.

Jesus deu um sinal inequívoco de que o Sporting está focado no campeonato português, pelo que a presença nos oitavos-de-final da Champions seria o segundo objetivo da noite, imediatamente a seguir à gestão de esforço a pensar no duelo com o Boavista.

O plano de Jesus durou 45 minutos: ao intervalo, trocou Ristovski e Alan Ruiz por Gelson Martins e Bas Dost, naquela que foi a sua última tentativa de vencer o jogo, apesar de ter consciência que a Juventus já vencia em casa do Olympiacos desde os 15 minutos.

O Boavista-Sporting, joga-se sábado dia 9 de dezembro com inicio de jogo marcada para as 20h30.