O candidato à presidência do Sporting, Rui Jorge Rêgo, garantiu que não será ele o presidente dos leões, mas o apenas um administrador, pelo que será contratado um profissional do futebol para assumir essa pasta.

«Penso que a principal marca distintiva do nosso projeto é a governação da SAD. Não serei presidente da SAD, mas a presidência será entregue a um profissional de futebol. Nós não olhamos para o Sporting como para os outros clubes portugueses. Vivemos num mundo global e este modelo já existe em outros clubes. O Sporting é muito grande, mais de 50 modalidades, futebol e não acreditamos que apenas uma pessoa dê conta de todas estas tarefas. Achamos que esta divisão é importante e acredito que este é o modelo de seguro. A SAD deve ser gerido por um profissional do futebol», afirmou Rui Jorge Rêgo, em declarações à TVI.

O candidato desmentiu novamente que ele fosse um «testa de ferro» de Bruno de Carvalho e que em nenhum momento irá contar com Bruno de Carvalho.