Frederico Varandas falou da saída de Peseiro e da confiança total que tem em Marcel Keizer, o treinador por ele escolhido.

«O trabalho que está a ser feito é um trabalho de fundo, no qual os resultados não chegam de um dia para o outro. Acreditamos muito nesse trabalho e acreditamos muito no nosso treinador. Portanto, claro que não está em vista qualquer tipo de mudança», começou por dizer o presidente da SAD do Sporting, comentando depois a pouca aposta atual na formação:

«Na formação não se compra jogadores feitos, como num mercado de transferências. Entre o escalão sub-18 e sub-23 vivemos um problema. É um facto. Não tenho qualquer dúvida de que com este treinador jogará quem tiver mais qualidade e não tenho qualquer dúvida de que no futuro a base será a formação. Mas tem de haver qualidade na formação.»

Para o fim, uma frase curta sobre a saída do anterior treinador:

««Peseiro não fazia parte do rumo da nossa gestão.»