Jaime Marta Soares voltou a garantir, esta terça-feira, em comunicado, que a Assembleia Geral de 23 de junho, com o propósito de destituir o Conselho Diretivo do Sporting, irá mesmo realizar-se.

O presidente da Mesa da Assembleia Geral leonino diz ter, “na sua posse, desde 24 de maio passado, um requerimento para a deliberação da revogação do mandato dos membros do atual Conselho Diretivo do Sporting, com assinaturas representativas de mais de três mil votos”.

O dirigente lembra que “foi já feita uma tentativa de validação da totalidade das assinaturas constantes do requerimento recebido, tendo sido impedida pelo Conselho Diretivo”, prometendo uma outra assim que “ o Conselho Diretivo dê indicações aos serviços do clube para colaborarem nesse sentido”.

“A Assembleia Geral de dia 23 de Junho de 2018 (a única actualmente convocada de forma legítima, legal e estatutária) irá decorrer conforme previsto no Altice Arena, pelas 14h”, assegura Jaime Marta Soares, isto embora “o Conselho Diretivo continue a incumprir com o seu dever de colaboração para a organização e realização da Assembleia Geral”.