Foi em janeiro que Alan Ruiz regressou à Argentina para voltar a representar o Colón mas a segunda passagem pelo clube poderá estar perto do fim. O empréstimo por parte do Sporting termina em dezembro e, indica o Record, o clube não está inclinado a pagar o valor da cláusula de compra.

Para assegurar os direitos do jogador de 25 anos em definitivo, o Colón teria de pagar, segundo o acordo, sete milhões de euros por 70 por cento do passe, mantendo o Sporting os restantes 30 por cento. Por agora, porém, não parece provável esse pagamento, até porque o jogador não tem estatuto de titular indiscutível no clube argentino.

Caso regresse a Alvalade em dezembro, será um caso a resolver pela direção de Frederico Varandas, já que o Sporting terá de suportar a totalidade do ordenado do atleta (acima dos 1,2 milhões de euros limpos por época), que tem sido pago de forma integral pelo Colón.

Contactado pelo referido jornal, o presidente do clube argentino, José Vignatti, jogou na defensiva, recordando que ainda há tempo para decidir a respeito de uma eventual compra do passe do jogador: «Estamos contentes com ele porque é um grande jogador e uma grande pessoa. Mas teremos, claro, de avaliar a parte financeira».