Depois da estreia na Liga dos Campeões e logo como titular, Alan Ruiz voltou à condição de suplente… não utilizado. Contra o Boavista, no Bessa, não passou do banco de suplentes, mas hoje voltará a ser primeira opção.

Alan Ruiz terá (mais) uma oportunidade para provar que tem mais valor do que aquele que vem demonstrando. A exibição em Camp Nou acabou por se traduzir num passo atrás nesse sentido. Não só porque não conseguiu justificar a aposta, mas sobretudo porque desiludiu a equipa técnica pela atitude que demonstrou ao longo dos 45 minutos em que esteve em campo.

Acabou, inclusive, por ser substituído ao intervalo, depois de se ter destacado mais pelos erros que acumulou.