O Sporting despediu-se esta terça-feira da Liga dos Campeões, começando a jogar na Liga Europa a partir de fevereiro de 2018. Na última jornada da fase de grupos, os leões perderam por 2-0, em Barcelona, com os golos a surgirem já na segunda parte através de Paco Alcácer e um golo de Mathieu na própria baliza.

As esperanças do Sporting em seguir em frente na Liga dos Campeões caíram por terra na segunda parte do encontro com o Barcelona. Se ao intervalo o 0-0 se ajustava, face à escassa produção das duas equipas, no segundo tempo os blaugrana elevaram a qualidade de jogo e chegaram ao 2-0 final.

De qualquer forma, os leões acabariam por não conseguir o apuramento mesmo que vencessem no Camp Nou, pois a Juventus foi ganhar ao terreno do Olympiacos, também por 2-0. Deste modo, o Sporting termina em terceiro neste grupo D e segue para a Liga Europa.

Para este encontro, Jorge Jesus escalonou um onze surpreendente, com Gelson Martins e Bas Dost a começar no banco, substituídos por Ristovski – lateral que jogou no lugar do extremo português – e Alan Ruiz. Também Fábio Coentrão ficou de fora dos titulares: para o seu lugar foi chamado Bruno César. Os três jogadores acabariam por ser lançados na segunda parte: Gelson e Bas Dost entraram ao intervalo, Coentrão aos 64′.

No Barcelona, como era esperado, Ernesto Valverde também deixou a grande estrela de fora dos titulares: Messi já havia começado o jogo em Turim, frente à Juventus, no banco e assim voltou a ser hoje. Entrou aos 61′, ainda a tempo de fazer meia-hora extraordinária. Nélson Semedo e André Gomes atuaram de início, numa equipa também com várias segundas linhas.

Espanhóis e italianos seguem, por isso, em frente na prova.

Ao Sporting a ida para a Liga Europa acaba por ser positiva, sobretudo no plano desportivo: terá mais hipóteses de ir mais longe e de sonhar com a final de Lyon.