Bas Dost é o jogador mais bem pago do plantel do Sporting. O avançado holandês, que regressou no início da temporada sob a liderança da Comissão de Gestão presidida por Sousa Cintra depois de ter rescindido contrato após a invasão de Alcochete, viu o seu vencimento ser aumentado significativamente no início da época.

Escreve o O Jogo que o antigo internacional pela Holanda passou dos 1,8 milhões de euros líquidos – salário auferido antes do processo de rescisão – para os três milhões líquidos, valor esse que o antigo presidente transitório dos leões terá apresentado de modo a convencer o atual melhor marcador da equipa a regressar.

Recorde-se que Bas Dost chegou na temporada 2016/17 a Alvalade por uma verba a rondar os 10 milhões de euros – contratação mais cara de sempre do clube.

Recebendo, na altura, cerca de 1,8 milhões limpos anuais, o antigo jogador do Wolfsburgo tornou-se no elemento mais bem pago do plantel verde e branco até à chegada de Seydou Doumbia (o marfinense auferia mais de dois milhões).