Titular no triunfo da seleção portuguesa sobre a congénere holandesa, que valeu a conquista da primeira edição de sempre da Liga das Nações, Bruno Fernandes voltou a falar sobre o futuro, desta feita à imprensa italiana.

Questionado sobre qual será o próximo passo na carreira, o médio do Sporting assegurou que nada está decidido: “Neste momento, não sei de nada, mas terei os próximos dias para falar e para perceber o que é verdade de tudo o que se diz”.

“Estou muito tranquilo, estou num grande clube, não tenho um grande desejo de sair, nem estou a procurar fazê-lo. Se chegar a oportunidade de partir para uma grande equipa, que seja impossível de recusar, falarei com o Sporting e veremos a melhor solução para ambas as partes”, afirmou, em declarações à estação televisiva SportMediaset.

Quanto ao alegado interesse do Inter de Milão, Bruno Fernandes recordou que passou por “um grande período em Itália”, e não escondeu que veria com bons olhos a oportunidade de trabalhar sob as ordens de Antonio Conte.

“É um interesse que não faço a mínima ideia se existe ou não, mas o Inter é um grande clube, com história, com um grande treinador, que fez história na Juventus e esteve bem na seleção… Mas as outras equipas também se irão reforçar. O Inter é um grande clube. Ver o meu nome associado a um clube como o Inter é sempre bom”, referiu.