O português Fábio Silvestre (Sporting-Tavira) ganhou hoje a quarta e última etapa do GP Abimota, que teve 176,4 quilómetros entre Gouveia e Águeda, cidade onde se confirmou a conquista da geral pelo espanhol Vicente García de Mateos (Louletano-Hospital de Loulé).

Apesar de teoricamente mais fácil, a etapa foi endurecida pelo esforço dos homens da RP-Boavista, que tentaram partir o pelotão, e pelo calor sufocante.

Apesar disso, a tirada decidiu-se ao sprint. Fábio Silvestre conquistou a primeira vitória desde que trocou o pelotão internacional pelo português, superando César Fonte (LA Alumínios-Metalusa BlackJack) e Luís Mendonça (Louletano-Hospital de Loulé), segundo e terceiro, respetivamente.

Na etapa, o Sporting-Tavira consagrou-se como a terceira melhor formação, finalizando a classificação colectiva em quinto.

Classificação individual do Sporting-Tavira

6.º Frederico Figueiredo, a 1.46′

11.º Joni Brandão, a 5.12′

29.º Luís Fernandes, a 18.54′

47.º Shaun Nick-Bester, a 42.04′

58.º Fábio Silvestre, a 54.39′

Valter Pereira, Oscar Brea e Mario Gonzalez não concluíram a prova