O Nordsjaelland volta a ser adversário do Sporting no acesso à fase de grupos da Liga Europa, um ano depois de ter sido derrotado por duas vezes pelos leões. Desta vez, o confronto será no play-off. Há um ano, foi na ronda anterior. E mesmo com exibições irregulares, a equipa então treinada por Paulo Sérgio não deixou dúvidas sobre a superioridade, com dois triunfos tangenciais: por 1-0 em Copenhaga (golo de Vukcevic) e 2-1 em Alvalade (Postiga e Maniche).
O clube tem apenas oito anos de vida, e uma história marcada pela aposta na formação e no fair-play. Na época em curso, o início da Liga tem sido penoso para o Nordsjaelland, que ocupa os últimos lugares, com apenas um empate em três jogos. O actual treinador é Kasper Hjulman, que rendeu Morten Wighorst.

Tal como há um ano, a equipa chega à Liga Europa graças à conquista da taça dinamarquesa (foi sexto no último campeonato). A estreia nas provas europeias aconteceu em 2008/09, na então Taça UEFA, graças ao bom desempenho da Dinamarca no ranking do fair-play.

Fundado em Julho de 2003, ano que marca a estreia na principal liga dinamarquesa, o Nordsjaelland joga em Farum, uma cidade com 20 mil habitantes, a norte de Copenhaga. Já foi Farum BK, mas a visão regional falou mais alto e passou a designação. E para consolidar essa visão, o Nordsjaelland criou uma rede regional de 54 clubes.

Há sete anos que participa na liga dinamarquesa, mas o melhor que conseguiu foi um quinto lugar, em 2006/07. E se os resultados desportivos ficam pelo meio da tabela, no que respeita à formação a conversa é outra. É um dos clubes líder na área, com muitos jovens no plantel e entre eles Andreas Laudrup, filho mais novo do emblemático Michael Laudrup (ex-Juventus, Barcelona, Real Madrid…). O Nordsjaelland é conhecido ainda pelo seu futebol atacante e pelo 4x3x3.

O jovem clube dinamarquês é propriedade de um empresário local, Allan Pedersen, desde a sua fundação em 2003. O Farum Park, estádio da equipa, tem capacidade para dez mil espectadores.

PLANTEL DO Nordsjaelland:
Guarda-redes

Jesper Hansen (DIN)
David Jensen (DIN)

Defesas
Henrik Kildentoft (DEN)
Andreas Bjelland (DIN)
Mark Gundelach (DIN)
Jacob Egeris (DIN)
Mathias Nielsen (DIN)
Seejou King (DIN)
Jores Okore (DIN)
Patrick Mtiliga (DIN)

Médios
Nicolai Stokholm (DIN), capitão
Soren Christensen (DEN)
Matti Lund Nielsen (DIN)
Michael Parkhurst (EUA)
Andreas Laudrup (DIN)
Jonas Hebo Rasmussen (DIN)
Enock Adu (GHA)
Oguzan Ayanoglu (DIN)

Avançados
Tobias Mikkelsen (DIN)
Rawez Lawan (SUE)
Mads Thomsen (DIN)
Christian Gytkjaer (DIN)
Andreas Granskov Hansen (DIN)

Treinador
Kasper Hjulmand