Em destaque no Campeonato Africano das Nações (CAN), Abdoulay Diaby, 28 anos, está na rota francesa. Segundo apurou A BOLA, o atacante maliano está a ser seguido de perto por clubes da Ligue 1, já o fora durante o campeonato mas as exibições no CAN, onde é o capitão de equipa do Mali, despertaram ainda mais a atenção dos franceses, mercado habitual para os jogadores africanos.

O avançado/extremo do Sporting foi contratado no passado verão ao Club Brugge, da Bélgica, a troco de 4,5 milhões de euros. Fez 44 jogos de leão ao peito, 2526 minutos, e marcou sete golos, mas não encantou os adeptos Sporting, clube ao qual está ligado até junho de 2023 – cláusula de rescisão de 60 milhões de euros.

Por isso, a administração do emblema verde e branco desde logo no início do defeso admitiu negociá-lo, assim surgissem propostas. Ofertas na ordem dos €4,5 milhões investidos em 2018 seriam difíceis de prever mas o certo é que as exibições no CAN.

Esteve já em dois jogos, marcou um golo e ajudou a equipa a passar a fase de grupos (não jogou o último jogo, com Angola (1-0), porque o treinador Mohamed Magassouba, com o Mali já qualificado, fez descansar algumas das principais figuras – estão a potenciar o jogador, que vê assim subir o valor e o apetite de alguns clubes franceses.

Diaby surge então com mercado numa altura em que não sabe ainda quando se junta à equipa leonina, pois está em competição.