Eduardo Henrique não esconde ao que vem e no primeiro contacto com os jornalistas, como jogador do Sporting, o médio brasileiro assume que os seus objetivos são “ganhar a titularidade, ser ídolo dos adeptos e ganhar grandes coisas”.

Revelado no Belenenses SAD, na temporada passada, Eduardo diz estar pronto para ser útil, seja como médio-defensivo, seja como “box-to-box”. “Estou à disposição do treinador. Faço a posição seis e a posição oito, como mostrei no Belenenses SAD”, observa, anotando que no plantel do Sporting encontrou “jogador com grande qualidade, todos do mesmo nível”.

Tranquilo relativamente a queixa do Belenenses SAD

Confirmado até 2024 no Sporting, Eduardo não se livra de uma polémica que pode chegar à FIFA. O Belenenses SAD estará a ponderar avançar com queixa pela transferência do jogador, do Internacional de Porto Alegre para Alvalade.

O clube brasileiro cedeu o jogador ao Belenenses SAD, na época passada, e o emblema português tinha possibilidade de exercer opção de compra até 30 de junho. Tal não sucedeu, mas havia negociações em curso com o Sporting.

O Belenenses SAD, alegadamente, acusa o Internacional de má-fé e o jogador terá feito exames médicos enquanto durava o período de empréstimo, em que o jogador estava sob contrato do clube azul.

Eduardo diz que está “tranquilo em relação a isso”. “O clube e o meu empresário estão a cuidar de tudo”, desvaloriza. O médio é um dos 29 jogadores que seguiram para o estágio de pré-temporada que o Sporting realiza na Suíça.