A Federação Portuguesa de Atletismo (FPA) notificou, na segunda-feira o Benfica de que não existe qualquer ilegalidade na inscrição das ex-águias Nelson Évora, Rasul Dabo, Marcos Caldeira, Hélio Gomes e Tiago Aperta por parte do Sporting.

Os atletas, recorde-se, trocaram a Luz por Alvalade após os Jogos Olímpicos, altura em que chegou ao fim o contrato que os ligava aos encarnados. O clube exerceu o direito de preferência, mas os valores oferecidos pelos leões acabaram por falar mais alto.

Segundo o jornal Record, o Benfica tem, agora, dez dias para contestar a decisão, isto apesar de já ter feito saber que o processo está entregue ao departamento jurídico e seguirá para os tribunais.