Não há duas sem três e no espaço de meses e meio o Sporting de Marcel Keizer somou a terceira vitória consecutiva no Estádio Marcolino Castro.

No jogo que encerrou o domingo futebolístico na I Liga, o Sporting foi a Santa Maria da Feira vencer a equipa da casa por 3-1. O autogolo de Briseño, a fechar a primeira parte, e o bis de Bruno Fernandes na segunda deram aos leões a quarta vitória da temporada sobre o Feirense, depois do jogo em Alvalade, na primeira volta (1-0), e dos confrontos para a Taça da Liga (1-4) e Taça de Portugal (0-2), ambos fora.

O primeiro grande momento da partida pertenceu ao Feirense, que se adiantou no marcador aos 27 minutos. Após canto na esquerda do ataque, Renan Ribeiro soca a bola contra o rabo de Marco Soares e esta entra na baliza leonina. O árbitro Manuel Mota assinala o golo, mas muda depois de ideias após consultar o VAR, considerando que houve falta sobre o guarda-redes do Sporting.

Em cima do intervalo, o primeiro golo validado do encontro. Borja cruza, Wendel cabeceia contra Briseño e a bola acaba por entrar na baliza à guarda de André Moreira. Aos 58′, o primeiro de dois golos de Bruno Fernandes, respondendo de cabeça a um cruzamento de Diaby. O internacional português conseguiria o bis aos 68′, num livre direto absolutamente irrepreensível. O melhor que o Feirense conseguiu foi reduzir para 1-3 aos 76′, por Petkov.

O Sporting mantém assim distâncias em relação a Benfica (oito pontos) e Braga (sete), ganhando dois pontos ao FC Porto, que ainda assim está com nove de vantagem. Já o Feirense, que este domingo estreou Filipe Martins no banco, depois da saída de Nuno Manta Santos, continua no último posto, a seis pontos dos lugares que garantem a permanência.