Frederico Varandas quer uma mudança no Sporting. O antigo responsável clínico dos leões, em entrevista ao jornal Record, pediu a demissão e a consequente recandidatura de Bruno de Carvalho. No entender do médico de 38 anos, o Sporting vive, praticamente, num regime ditatorial.

«Ditadura? Quando o regime democrático é posto em causa…sim! É disso que estamos a falar. Se há uma semana pedia a Bruno de Carvalho para convocar uma assembleia geral, hoje em dia o meu pedido é diferente. Peço-lhe que se demita, convoque eleições e se recandidate», afirmou o homem que se demitiu do cargo após os incidentes da Academia de Alcochete.

Varandas, que se mostrou confiante numa vitória em caso de eleições, deixou ainda elogios a Rui Patrício, capitão leonino que está de partida para outras paragens, depois de uma década a defender a baliza verde e branca.

«Nunca tive um profissional tão bom como Rui Patrício. Nunca faltou a um treino por doença. Deu um exemplo a todos os miúdos. É o número 1 do Sporting, o número 1 da Seleção e continua a treinar-se como se estivesse no primeiro ano de senior. Se tivéssemos mais seis ou sete como ele…onde estaria o Sporting», afirmou.