Um golo de Ana Capeta nos minutos finais deu este sábado ao Sporting uma importante vitória, fora, sobre o Sporting de Braga, 2-1, na terceira jornada do campeonato nacional de futebol feminino.

Com um grande remate em arco aos 85 minutos, a jovem avançada do Sporting, que tinha entrado aos 71 minutos, voltou a ser decisiva frente às bracarenses, depois de, com os seus golos, ter ‘dado’ a Taça de Portugal na época passada e, em agosto, com um ‘hat-trick’, a Supertaça às ‘leoas’.

O jogo foi muito intenso e quezilento, sobretudo na primeira parte, reflexo da grande rivalidade entre as duas equipas que, na época passada, disputaram o campeonato até ao fim.

A partida fica marcada também por um lance polémico com a árbitra a assinalar uma falta que não parece existir de Vanessa Marques sobre Mariana Azevedo. Na sequência, a bola sobrou para Andreia Norton que, de cabeça, a fez entrar na baliza do Sporting, mas o lance tinha sido anulado instantes antes (42).

O Sporting, campeão nacional, respondeu aos 45+1, com Tatiana Pinto a rematar ligeiramente ao lado, mas a turma de Alvalade marcaria mesmo antes do intervalo, com Diana Silva a aproveitar da melhor forma um lance infeliz de Rute Costa.

A guardiã foi rápida a sair da baliza para se antecipar à avançada ‘leonina’ que se tinha imposto em velocidade à central bracarense, mas foi infeliz a chutar contra a adversária – a bola ficou à mercê de Diana Silva que só teve de empurrar (45+2).

O Sporting de Braga entrou melhor na segunda parte e quase empatou, por Vanessa Marques, mas após o canto, Jana, de cabeça, repôs a igualdade.

O jogo foi pior jogado no segundo tempo, com ambas as equipas a caírem fisicamente, mais a da casa que não mais conseguiu chegar à área contrária com perigo.

O Sporting podia ter marcado aos 66 minutos, quando Diana Silva surgiu isolada, mas Rute Costa, com uma grande defesa, evitou-a.

João Marques refrescou a equipa com Laura Luís e Gaby enquanto Nuno Cristóvão apostou em Ana Capeta e a ‘besta negra’ das bracarenses voltou a marcar, um excelente tento após bela jogada individual.