O Sporting fez o que se esperava e não complicou na visita a Vila Verde, vencendo facilmente a equipa local por sete golos sem resposta em jogo da 1.ª divisão.

Este era um triunfo crucial para o Sporting continuar a perseguição ao Sp. Braga, líder da prova com mais dois pontos do que o atual campeão nacional, sendo que na próxima semana as bracarenses deslocam-se a Alvalade.

Quanto ao embate de ontem, as jogadores de Nuno Cristóvão eram claramente favoritas e comprovaram-no perante um frágil Vilaverdense, claramente abaixo da qualidade evidenciada nos últimos anos. As leoas começaram cedo a mostrar que não queriam facilitar e Diana Silva fez o primeiro (6’).

Mesmo sem forçar o andamento, o Sporting ampliou o marcador, desta vez graças a um autogolo de Eduarda (26’). A ganhar por dois tentos ao intervalo, o Sporting continuou a ser dono do jogo, chegando ao final com uma nova goleada para contar. Diana Silva voltou a marcar, antes de Ana Borges, Ana Capeta (bis) e Solange também contribuírem.

Após o encontro, Nuno Cristóvão elogiou a sua equipa e anteviu a próxima ronda. “Estamos a crescer na qualidade de jogo. Agora vamos ter um jogo interessante entre as duas melhores equipas portuguesas”, salientou o técnico leonino, claramente satisfeito com o oitavo triunfo em nove jogos das leoas. Já o treinador do Vilaverdense, Pedro Gomes, enalteceu o esforço do seu grupo. “Estou satisfeito com a atitude”, frisou.