Três jogos, duas vitórias. O Sporting fechou a sua participação na Liga dos Campeões Feminina com mais uma vitória, diante do KF Hajvalia, por 1×4. A vitória diante da equipa do Kosovo, aliado à derrota do MTK, permite que a equipa Nuno Cristóvão termine no segundo lugar do grupo. Ainda assim, o clube leonino não foi o melhor segundo de todos os grupos, ficando, por isso, fora da competição.

As jovens leoas, que chegaram a esta fase de apuramento através do título nacional conquistado na época passada, mostraram superioridade diante do adversário desde muito cedo. Logo aos 11 minutos, Diana Silva adiantou a equipa verde e branca. O adversário não atirou a toalha ao chão e acabou por empatar. Shala Blerta, aos 17 minutos, colocava o futuro do Sporting em maus lençóis. Ainda assim, o coletivo liderado por Nuno Cristóvão reagiu de forma positiva e chegou ao golo da vantagem ainda antes do intervalo, por Ana Leite.

O segundo tempo, depois de uma primeira parte mais equilibrada, trouxe um Sporting mais forte, e os leões acabaram por fazer mais dois golos, por intermédio de Tatiana Pinto, num jogo que terminou com duas expulsões. (uma para cada equipa).

Diga-se que o melhor segundo classificado, dos 10 presentes nesta fase de qualificação, acabou por sair do grupo 6. Minsk e Zurique tinham seis pontos, estavam empatados na classificação, jogaram entre si e…acabaram empatados. Os dois acabaram a sorrir…