O Sporting está a preparar uma revolução no plantel para 2019/20 e cinco dos campeões europeus rumarão a outras paragens.

André Sousa, o guardião que perdeu espaço para Guitta, tem acordo com o Benfica, para ser alternativa a Roncaglio, reencontrando Joel Rocha, que o treinou no Fundão.

Nos jogadores de campo, destaque para o adeus do pivô brasileiro Dieguinho, que deverá voltar ao país de origem, estando o Intelli, clube onde militou três anos, na frente da corrida. Os leões gostaram da ponta final de Rocha e têm ainda Cardinal para a posição. Se Merlim continua intocável na esquerda, na ala direita só fica Cavinato, que até renovou recentemente.

Pedro Cary, que conquistou seis campeonatos nas nove épocas de verde e branco, rumará ao estrangeiro, já que o clube não satisfez as pretensões salariais do canhoto. Alex, da mesma posição, não convenceu e estará de saída. Para o seu lugar virá Taynan, o craque maior do finalista da Liga dos Campeões, o Kairat, e que alinha pela seleção cazaque.

Edgar Varela será emprestado ao Fundão como moeda de troca para a chegada de Pauleta.