Mais uma vitória para os Leões, desta vez frente ao AAUM/Braga, por 3-0, num jogo bastante calmo e com poucas oportunidades “claras” de golo. Deo (na foto), Caio Japa e Buiu fizeram os golos. Destaque para as ausências de Djô, Alex e Preá, por lesão, e para o regresso de Leitão, que se encontrava lesionado.

No início do jogo tanto o Sporting como o Braga não criaram oportunidades de perigo, mas o Sporting foi, quase sempre, superior, comandando o jogo, mas sempre com calma e sem chegar muito perto da baliza minhota. As equipas foram-se “conhecendo” e, aos poucos, os guarda-redes começaram a ter trabalho.

A primeira grande oportunidade de golo foi, curiosamente, para o Braga, numa situação de contra-ataque. Em situação de 3 para 0, Ricardinho falhou o golo de forma incrível, não aproveitando o “passe-golo” do colega de equipa. O Braga raramente chegaria assim tão perto da baliza verde-e-branca, visto que a grande maioria dos remates bracarenses foram de fora da área.

O Sporting dominava e Deo quase chegou ao golo num remate em desiquilíbrio, mas a bola passou muito perto da baliza de Pli. Não foi à primeira, foi à segunda: pouco depois de ter falhado o golo, Deo desmarca-se bem da defesa do Braga e remata à figura de Pli, que fica mal visto ao deixar passar (caprichosamente) a bola por entre as pernas.

Até ao final da primeira parte os leões foram sempre os que criaram mais situações de perigo, mas Pli esteve à altura, com um punhado de excelentes defesas.

No segundo tempo o jogo tornou-se mais rápido e, ao mesmo tempo, mais interessante, com Pli e Benedito a efectuarem defesas de alto nível de dificuldade. O poste também efectuou uma boa defesa ao remate cruzado de Deo, num lance em que Pli estava batido.

O segundo golo tardava em chegar, muito graças ao guarda-redes minhoto, que, por várias vezes, negou o golo leonino. Tardava mas chegou, por Caio Japa. Num excelente remate de longe, o fixo/ala brasileiro marcou o 2º golo dos leões.

Vendo-se com uma desvantagem de 2 golos, a equipa da casa foi obrigada a jogar com guarda-redes avançado, mas sem sucesso. Aliás, foi mesmo beneficiando dessa táctica do Braga que o Sporting chegou ao 3º golo. A 2 minutos do final, Buiu apanha a bola no meio-campo do Sporting e remata para a baliza vazia e fecha a contagem.

Assim, os leões continuam na liderança do Nacional, a par do Benfica, enquanto que o AAUM/Braga continua na última posição.

FICHA DE JOGO

AAUM/BRAGA: 5 inicial – Pli (GR), André Machado, Ricardinho, Amílcar, Jefferson. Banco – Lino, Fabrício, Zé Rui, Peixoto, Faria, Skat (GR), Coroas. Treinador – Pedro Palas

SPORTING: 5 inicial – Benedito (GR), Paulinho, Pedro Cary, João Matos, Deo. Banco – Leitão, Marcelinho, Caio, André Galvão, Buiu, Cristiano (GR). Treinador – Orlando Duarte

Disciplina: Pli (amarelo – 17′), André Machado (amarelo – 33′); Leitão (amarelo – 40′)

Golos: Deo 9′, Caio 31′, Buiu 38′