Motivado pelo 10º golo da época, terceiro nas competições europeias (Astana, depois do Olympiacos e do Steaua Bucareste), Gelson Martins reencontra amanhã um adversário especial: o da estreia na Liga.

Foi contra o Tondela que, a 14 de agosto de 2015, no Estádio Municipal de Aveiro, então com 20 anos, o extremo teve oportunidade de somar os primeiros minutos da carreira no campeonato português. Um momento feliz para o próprio, para Jorge Jesus e para o Sporting. Com o jogo empatado a um golo , Gelson foi lançado em cima do minuto 90, por troca com João Mário (que inaugurara o marcador, antes de Luís Alberto empatar).

Bastaram quatro minutos em campo para o ‘agitador’ fazer a diferença nos duelos individuais e forçar um penálti em tempo de descontos, cometido por Murillo. Chamado a transformar, Adrien não desperdiçou a oportunidade e deu a vitória aos leões.

Curiosamente, Gelson já tinha defrontado por duas vezes o Tondela, mas na equipa B, ao serviço da qual fez um golo num triunfo por 4-3, a 7 de março de 2015. O internacional português voltaria a faturar contra os beirões na equipa principal, a 15 de janeiro de 2016, em Alvalade, num empate (2-2) de má memória.