Aí está mais uma jornada que coloca frente a frentes dois candidatos ao título: Sporting e Oliveirense. No Pavilhão João Rocha, o campeão nacional recebe a formação de Oliveira de Azeméis, atual 4ª classificada com os mesmos pontos do FC Porto (9), e que regista apenas uma derrota na receção ao Benfica. Já o Sporting apenas perdeu pontos no jogo de abertura do campeonato, frente às águias (3-3), rival que soma os mesmos pontos da classificação.

É, desta forma, um teste sério à liderança dos leões, num jogo em que se espera um grande equilíbrio face à qualidade individual que existe em ambas as equipas, conforme reconheceu Ferran Font. “Vai ser um encontro muito difícil, frente a uma boa equipa e que este ano se reforçou bem. Mas nós também estamos num bom momento e contamos sempre com o apoio dos nossos adeptos. E

spero que compareçam em grande número, como é habitual”, disse o internacional espanhol do Sporting a Record. Recorde-se que a equipa de Paulo Freitas não pode contar com os lesionados Vítor Hugo e Raul Marín. “Vamos defrontar uma equipa recheada de bons jogadores”, alertou o treinador do Sporting.

Já a Oliveirense chega ao João Rocha determinada a recuperar os três pontos perdidos frente ao Benfica. “É um jogo do nosso campeonato, onde defrontamos um adversário direto na luta pelo título. Temos de ganhar para recuperar os três pontos que perdemos com o Benfica e retirar pontos a um adversário que tem os mesmos objetivos. Não sendo determinante, é importante”, analisou o capitão da Oliveirense, Ricardo Barreiros, a Record.

Refira-se que o duelo vai ser dirigido pela dupla Luís Peixoto/João Duarte, a mesma que esteve no recente Benfica-FC Porto na Luz, numa partida que terminou em polémica e que gerou duras críticas por parte dos dragões.