Chegado a Alvalade, ainda com Bruno de Carvalho, para suceder a Rui Patrício na baliza do Sporting, Emiliano Viviano nunca foi opção regular para José Peseiro.

O italiano, visto como um atleta capaz de assumir a titularidade de verde e branco, porém, mesmo sem jogar, é pretendido, segundo o Calciomercato, pelo Génova.

Segundo o explicado, o atleta estará a ponderar o seu futuro, mas quererá esperar pela chegada de um novo treinador para dar uma resposta final ao convite de regresso.

Porém, uma vez que deixou a Sampdoria para ingressar nos leões, o jogador estará também algo reticente em assinar pelo rival do clube que representou.

O guarda-redes tem contrato até 2021 e uma cláusula de 45 milhões.