A Renascença contactou Pedro Gomes para obter uma avaliação da contratação de Rosier, lateral-direito francês do Rennes, que já está em Lisboa para assinar pelo Sporting. O antigo jogador dos leões não coloca grandes reservas sobre a opção, mas indica um outro caminho aos responsáveis do clube, que passa por olhar para dentro e, em particular, para Mama Baldé e Thierry Correia.

“O Mama Baldé regressa após empréstimo ao Desportivo das Aves. Jogou numa posição mais adiantada na última época, mas é lateral-direito de raiz. É um pouco como o Acuña, pode fazer as duas posições na ala e isso é bom para o treinador. Há o Thierry Correia, também. O Sporting tem de apostar mais nos jovens da Academia que têm valor para jogar na equipa principal”, apela.
Pedro Gomes não gostaria de ver o valor dos dois jogadores desperdiçado e anota que para a posição Keizer tem, ainda, Ristovski. “É mais regular e dá garantias ao treinador. Mais do que o Bruno Gaspar, que está de saída”, atira.

Aliás, Bruno Gaspar não tem lugar no Sporting, na opinião do antigo lateral-direito. Nesta entrevista a Bola Branca, Pedro Gomes acaba, mesmo, por fazer uma lista de dispensas, indicando, além de Gaspar, outros nomes que deviam abandonar o clube.

“Jefferson, Petrovic e Gudelj devem sair. Como é que Petrovic pode jogar numa equipa como a do Sporting? Seria uma boa limpeza”, conclui.