Após o apoio durante todo o jogo, não foi simpática a forma como os adeptos do Sporting se despediram dos jogadores no final da partida. Após o apito de Nuno Almeida, vários foram os elementos da equipa leonina que se dirigiram para o topo onde estavam situadas as claques mas, nessa altura, ouviram bastantes assobios.

A marcha dos jogadores acabou por ser travada pela recetividade negativa dos adeptos, ainda que Nani, puxando dos galões de capitão, tenha dado mais alguns passos em frente para tentar, de alguma forma, reconfortar os aficionados que estavam, também eles, insatisfeitos com a derrota fora de portas, na 16.ª jornada.

Num ápice, e apercebendo-se de que a situação não se alteraria, os atletas inverteram a marcha e seguiram na direção dos balneários. Não se livrando, ainda assim, de mais alguns apupos.