O jornal A BOLA, avança que alguns jogadores do Sporting já contactaram o sindicato para estudarem a rescisão com justa causa.

Cenário levantado após as agressões de que foram alvo por parte dos adeptos que esta terça-feira invadiram o centro de treinos de Alcochete.

A equipa principal do Sporting cumpria o primeiro treino da semana, depois da derrota no terreno do Marítimo (2-1), que relegou a equipa para o terceiro lugar da I Liga, iniciando a preparação para a final da Taça de Portugal, no domingo, frente ao Desportivo das Aves.

Dos cerca de 50 adeptos com a cara tapada, que invadiram a Academia do Sporting, em Alcochete, esta terça-feira, e agrediram jogadores e treinadores, foram detidos, até ao momento, 21 pessoas.