O Sporting, tricampeão nacional, fez ontem o último treino antes da partida (amanhã) para Bucareste, onde vai voltar a lutar pela medalha de ouro da Liga dos Campeões, prova máxima entre os clubes europeus. Depois de subir ao pódio para receber o bronze nas três últimas épocas, os leões irão tentar escalar mais um patamar com a moral em alta, depois de Jorge Fonseca ter ficado em 3º lugar no recente Grand Slam de Osaka, que decorreu no Japão.

“O nosso grande objetivo, agora, é conquistar a Liga dos Campeões”, considerou Jorge Fonseca após a prova nipónica, que lhe permitiu subir ao 5º lugar do ranking mundial (100 kg).

Para além do olímpico português mais bem classificado na lista da FIJ, a equipa que vai estar na Sala Polivalenta Bucuresti, na capital romena, terá ainda alguns dos melhores atletas da Seleção Nacional, como Anri Egutidze (5º em Osaka) – também regressado ontem do Japão após um estágio –, David Reis, João Fernando e Miguel Alves. O olímpico Sergiu Oleinic está lesionado, enquanto o ucraniano Georgii Zantaraia, contratado pelo Gabinete Olímpico dos leões, também fica de fora.

O espanhol Nico Sherazadishvili é, no entanto, a maior estrela do Sporting, depois de ter conquistado o título mundial em Baku’2018 e de subir a nº 1 do ranking. A página da Federação Europeia (UEJ) dedica-lhe esta semana um artigo de celebração.

Como reforços inéditos para esta Liga dos Campeões, o Sporting vai ainda contar com a entrada dos mongóis Kerlen Ganbold (1º no Masters’2017 e 8º do ranking mundial a 66 kg) e Odbayar Ganbaatar (3º no Mundial’2017 e 5º do ranking a 73 kg).

As pesagens e o sorteio são na quinta-feira e a competição na sexta, com os russos do Yawara Newa, equipa do Presidente Vladimir Putin, a defender o ouro.