O guardião Luís Maximiano e o médio Miguel Luís assinaram na última semana novos contratos. O objetivo não passou por aumentar a duração – ambos têm como data-limite junho de 2023 -, mas sim melhorar os valores salariais praticados até então, colocando-os na ordem dos cinco mil euros livres de impostos por mês.

A SAD, liderada por Frederico Varandas, decidiu que rever em alta o ordenado destes dois produtos da formação seria o passo indicado para os motivar: ambos vão, na próxima época, ter lugar no plantel às ordens de Marcel Keizer.

Miguel Luís já tem somado minutos em 2018/19, num total de 12 jogos pela equipa principal, enquanto Max ainda espera a estreia absoluta por aquela equipa.