Final de campeonato de pesadelo para o Sporting. Os leões precisavam de ganhar nos Barreiros, mas acabam por perder frente ao Marítimo (2-1), por um golo marcado por Ghazaryan nos descontos.

Numa tarde de decisões e em que o segundo lugar estava em jogo, o Sporting procurava os três pontos para garantir o segundo lugar e os ‘milhões’ da Champions.

A equipa de Alvalade entrou melhor no encontro, mas foi a equipa da casa que chegou à vantagem. Aos 31 minutos, na sequência de um pontapé de canto de Edgar, Joel, de cabeça, não deu hipótese a Rui Patrício e inaugurou o marcador.

O Sporting reagiu e, apenas três minutos depois, Bas Dost restabeleceu o empate. O holandês aproveitou uma assistência de Gelson Martins e, com um remate de primeira, fez o 1-1 para a equipa de Jorge Jesus.

Com o Benfica a vencer o Moreirense, no Estádio da Luz, (os encarnados chegaram à vantagem na segunda parte), a equipa de Alvalade tinha, obrigatoriamente, de vencer para assegurar o segundo lugar. Na segunda metade, mesmo sem jogar bem, o Sporting encostou o Marítimo às cordas mas, no melhor momento dos leões no encontro, o Marítimo chegou ao segundo, graças a Ghazaryan.

Já no interior da área leonina, o arménio rematou enrolado. A bola era traiçoeira e acabou por enganar Rui Patrício, que não ficou bem na fotografia.

Com este resultado, o Sporting termina o campeonato na terceira posição, perdendo a luta com o Benfica pelo segundo lugar, que dava acesso à terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões.