Duas semanas e meia depois de ter sofrido uma lesão na receção ao Nacional, Nani voltou à titularidade. A despeito dos poucos dias de trabalho sem limitações, o capitão envolveu-se com intensidade nos lances, em especial na 1ª parte. Porém, o camisola 17 acabou por ser o primeiro a sair, substituído por Raphinha devido a queixas na zona da coxa esquerda, e acabou mesmo por fazer gelo mal se sentou no banco de suplentes.

Apesar de ter saído sem aparentar esforço, está por confirmar se esta se tratou de uma medida preventiva ou, se por outro lado, foi uma recaída da lesão anteriormente sofrida.

Bas Dost e Bruno Gaspar foram obrigados a receber assistência ainda na primeira parte, mas acabaram por terminar a partida. O avançado foi o primeiro a assustar, ao minuto 18, quando disputou uma bola pelo ar com Sasso e acabou por chocar com o adversário. Os dois atletas ficaram no chão e tiveram de receber assistência.

Três minutos depois foi Bruno Gaspar que ficou no terreno após ter recebido um toque involuntário de Zacarya. O lateral saiu mas voltou a entrar.