Depois da derrota no jogo 5 da final da Liga Sport Zone, Nuno Dias começou por frisar que a partida “não terminou como pretendiam”, mas realçou o que foi conseguido nesta temporada: “Tenho orgulho nos meus jogadores e no que fizeram durante esta época para que os resultados fossem melhores.”

Sobre a partida deste domingo, o técnico Leonino explicou que a sua equipa “tentou”, mas “não conseguiu chegar até lá”: “Foi uma final dura, difícil, com cinco jogos disputados e tudo fomos fazendo para que o resultado fosse melhor. Hoje demos uma parte de avanço no jogo, na minha opinião. Com isso permitimos que o adversário se adiantasse e ficasse confortável no jogo, onde teve por duas vezes dois golos de diferença. Conseguimos reagir e chegar ao intervalo com a margem mínima. Na segunda parte, quase conseguimos levar o jogo para prolongamento.”

Nuno Dias destacou ainda dois pontos importantes deste jogo: “A primeira é que tenho um orgulho enorme neste conjunto pela forma digna como encararam esta época e não é por ter terminado desta forma que deixa de ter um valor incrível e deixa de ser uma equipa de campeões. Em segundo lugar, dar os parabéns ao campeão. Foi mais eficaz, melhor, mais feliz e tenho de os felicitar. Parabéns ao SL Benfica pelo título e também aos meus jogadores e restante equipa pelo que conquistaram nesta temporada.”

O sentimento no balneário é de tristeza, revelou o técnico verde e branco, e explicou porquê: “Tentámos e fizemos o que nos competia: corremos, lutámos, criámos oportunidades e criámos dificuldades ao adversário. Apesar de toda a frustração e tristeza, há um orgulho grande no trajecto e não é por não termos conseguido conquistar este inédito tetra – que tanto perseguíamos – que a minha equipa deixa de ter qualidade e de ser uma equipa no verdadeiro sentido da palavra.”

Agora, terminada uma “época longa, dura, e violenta para todos”, Nuno Dias lembrou que todos precisam de “descansar, estar com as famílias e desligar”. “Dia 1 de Agosto começamos a treinar e a preparar uma nova temporada e um novo troféu – a Supertaça. Precisamos de festejar aquilo que fizemos de bom nesta época e que foram coisas muito boas”, terminou o técnico Leonino.

Recorde-se que o Sporting falhou o inédito tetracampeonato. A equipa leonina havia conquistado os últimos três títulos.