Luiz Phellype foi o rosto do desalento do Sporting após o empate com o Vitória de Setúbal (1-1), em jogo a contar para a 19.ª jornada da Liga. O avançado brasileiro acabou por admitir a má exibição dos leões face a uma equipa sadina esforçada.

«Não foi um jogo muito conseguido da nossa parte. Ficámos condicionados depois da expulsão, lutámos muito, ainda marcámos o golo do empate e quase que conseguimos ganhar o jogo. O Vitória de Setúbal acabou por jogar bem, temos que lhes dar mérito. A vitória seria o mais justo, mas o futebol não é justo.», começou por explicar nas entrevistas rápidas.

Este empate deixa o Sporting a sete pontos do líder FC Porto (que ainda vai defrontar o Belenenses), a cinco do Benfica, segundo classificado, e quatro do SC Braga que ocupa a terceira posição.

«Ainda temos muito campeonato pela frente. Vamos dar tudo e lutar até ao fim. Quando tudo acabar, fazemos as contas», concluiu o avançado brasileiro.