Carlos Ruesga tem-se assumido como uma das figuras da equipa de Andebol do Sporting. O central de 33 anos trocou o Barcelona pelos leões em 2016, naquela que reconhece ter sido uma aposta de risco.

«Fui uma aposta arriscada vir para Portugal, mas não me arrependo. Passei aqui três anos bons e já renovei por outros três. Destaco sobretudo a temporada em que cheguei, que o clube estava há alguns anos sem ganhar nada e conseguimos um triplete. Mas de resto, enquanto estive no Sporting. conseguimos títulos e nesta época alcançámos um feito inédito ao sermos a primeira equipa a atingir a fase a eliminar da Liga dos Campeões», explicou ao El Comercio.

Apesar da idade, Carlos Ruesga assegura que não pensa em abandonar os pavilhões e reafirma a intenção de cumprir o contrato até 2022, abrindo inclusive portas a ficar no Sporting mais tempo, mas com outras funções.

«Estou num grande momento de forma e ainda não sei quando me vou retirar e se o faço nas Astúrias [terra onde nasceu]. De qualquer maneira, o Sporting é um clube com uma grande dimensão e no qual gostava de trabalhar no futuro», concluiu.