O Sporting, em vésperas de jogarem em Turim diante a Juventus para a Liga dos Campeões, recordaram cinco golos «mágicos» apontados a equipas italianas.

O primeiro golo é de Islam Slimani, a abrir o ativo numa vitória por 2×0 frente à AS Roma, em Alvalade, em jogo a contar para o Troféu Cinco Violinos na época 2015/2016.

O segundo é da autoria de Mário Caneira na receção ao Inter de Milão (1×0) de Luís Figo e companhia. Golo magistral do lateral leonino.

Mais antigo é o golo de Marius Niculae no empate caseiro frente ao Milan (1×1), em 2001/2002, que não impediu a eliminação do Sporting na 3.ª ronda da Liga dos Campeões.

A seguir surge o golo de Jorge Cadete na receção ao Bologna (2×0), a abrir o caminho para a passagem às meias-finais da Taça UEFA de 1990/1991.

Por último, o remate certeiro de Emiliano Insúa na vitória sobre a Lazio (2×1), em Alvalade, num jogo em que o lateral argentino acabaria por ser expulso no arranque da segunda parte.