A presença de Luís Figo em Alvalade no encontro entre o Sporting e o At. Madrid, referente à segunda mão dos quartos-de-final da Liga Europa, que acabou por ditar o afastamento da prova dos comandados de Jorge Jesus, não passou, naturalmente, despercebida e fez renascer de imediato a onda de rumores relativos a uma eventual futura candidatura à presidência dos leões.

No entanto, segundo informações recolhidas pelo Desporto ao Minuto, o antigo internacional português aproveitou apenas a oportunidade para assistir ao jogo, manifestar todo o apoio ao clube do coração e rever alguns amigos.

Dado o seu passado em Madrid, mas com a camisola do rival colchonero, o Real Madrid, o antigo internacional luso fez questão marcar presença no palco do embate, fazendo jus ao apelo que dois dias antes tinha feito, na sequência das notícias vindas a público.

Em comunicado, emitido na sua página oficial no Facebook, o antigo capitão da Seleção Nacional mostrou-se insatisfeito com a notícia relativa à sua suposta corrida à liderança do emblema verde e branco e sublinhou a necessidade de estabilidade em Alvalade.

“‪Hoje de manhã fui surpreendido por uma notícia desprovida de qualquer fundamento na capa de um jornal do Norte do país envolvendo o meu nome. Sou por isso obrigado a desmentir a notícia. É triste que na situação actual lancem notícias possivelmente com terceiras intenções. A equipa do Sporting necessita neste momento de tranquilidade, paz e confiança. (…) Força Sporting‬”, escreveu o ex-jogador, de 45 anos.

Numa altura em que o clima de instabilidade continua a marcar o dia-a-dia do Sporting, Luís Figo deixa claro que não será sucessor de Bruno de Carvalho e que apenas pretende continuar a apoiar o clube. Uma tomada de posição esclarecedora que surge depois de ‘ilustres’ do emblema leonino tentarem convencer aquele que é uma das figuras mais sonantes do universo verde e branco a avançar para uma candidatura.