O Sporting reduziu a desvantagem para o FC Porto, líder do campeonato, ao vencer o Paços de Ferreira na Mata Real: 1-2. Os leões estão agora a dois pontos dos dragões, que na próxima jornada recebem o Benfica – os comandados de Jorge Jesus, por seu lado, têm um dérbi com o Belenenses em Alvalade.

O resultado traduz bem as dificuldades por que o Sporting passou na deslocação ao norte. Tanto na primeira como na segunda parte, o Paços teve mais remates e mais ocasiões de golo, mas Welthon não esteve num dia particularmente inspirado no que à concretização diz respeito.

Pelo contrário, o leão foi muito mais eficaz, chegando ao primeiro golo logo aos 20 minutos. Um golo polémico, ainda assim, pois Bas Dost parece estar em posição irregular numa fase anterior à marcação do golo, por inermédio do médio argentino Battaglia. O árbitro Tiago Martins ainda esperou pela clarificação do vídeo-árbitro, mas acabou por se decidir pela validação do golo.

Aos 75′, Gelson Martins deu aquilo que parecia ser o golpe final no encontro, já depois de duas bolas ao poste, uma em cada baliza (Bruno Fernandes para o Sporting, Mabil para o Paços). Havia, ainda, um resto de fulgor para os homens da casa, que reduziram por Marco Baixinho em cima do minuto 90.

Não chegou para evitar a primeira derrota caseira esta temporada: o Paços segue em 12º, o Sporting aperta o dragão.