Pedro Madeira Rodrigues poderá avançar com uma candidatura à presidência do Sporting, se confirmar o cenário de eleições antecipadas.

O jornal Record escreveu que o empresário considera ter condições para voltar a apresentar-se a sufrágio, depois de já o ter feito em 2017.

Nas últimas eleições do Sporting, Madeira Rodrigues sofreu uma pesada derrota, tendo ficado abaixo dos 10% (9,49%), contra os 86,13% de Bruno de Carvalho.