Bas Dost que se cuide…Luiz Phellype está a aproveitar muito bem a ausência da grande referência ofensiva do Sporting nas últimas épocas para assumir-se como um autêntico abono de família e um finalizador letal.

Afinal, perante Chaves, Rio Ave, Aves e Nacional, como tivemos oportunidade de verificar junto do playmakerstats, o avançado, que chegou no mercado de janeiro para funcionar como uma alternativa, não desperdiçou uma única grande oportunidade de golo, marcando em cinco ocasiões.

Na sua primeira experiência num grande do futebol português, depois da aventura na Segunda Liga, em Paços Ferreira, o dianteiro precisou de 11 partidas para chegar ao primeiro golo, somando um bom número de desconfianças pelo meio entre a massa associativa leonina.

E a capacidade finalizadora chegou para colocar Luiz Phellype entre uma casta ilustre de leões que marcaram em quatro jornadas consecutivas.