Sem intenção de entrar em loucuras financeiras para reequilibrar o plantel na reabertura do mercado de transferências em janeiro, a não ser que encontre um parceiro económico que lhe permita contratar alvos há muito referenciados pelo scouting sportinguista, a SAD espera rentabilizar alguns dos jogadores que são considerados transferíveis e não são primeira opção para Jorge Jesus para atacar o mercado de janeiro.

A intenção é conseguir o encaixe de alguns milhões e, assim, ter margem financeira para pode reforçar o plantel num último esforço de aumentar a qualidade do mesmo de maneira a ter mais e melhores argumentos para atacar a conquista do título nacional, o principal objetivo da temporada.

São vários os jogadores que estão no mercado e que podem sair caso cheguem a Alvalade propostas financeiramente aliciantes. Doumbia, Alan Ruiz, Iuri Medeiros, Petrovic e Mattheus Oliveira são alguns dos jogadores a quem a SAD não fechará as portas caso surjam interessados e dispostos a pagar o preço considerado certo pelos seus direitos económicos.

Neste rol poderia entrar também William Carvalho, mas a sua eventual saída só aconteceria a troco de muitos milhões e… com o aval de Jesus pelo facto de tratar-se de um jogador considerado muito importante pela qualidade que acrescenta à equipa.