André Felipe, avançado brasileiro que, na primeira metade da passada temporada, alinhou pelo Sporting, abordou, esta sexta-feira, em entrevista ao portal Goal, a sua curta passagem por Alvalade.

Para o jogador de 26 anos, a curta experiência de leão ao peito – marcou três golos em 15 jogos – teve única e exclusivamente um culpado: Bas Dost.

“Foi engraçado, porque fui para um grande clube, mas cheguei lá e o avançado que concorria comigo só perdeu para Messi em golos marcados durante o ano. Por isso é difícil explicar, é complicado. Vi que ia ficar ruim para jogar. São situações que acontecem, infelizmente”, lamentou, em entrevista ao portal Goal.

Ainda assim, nem tudo foi mau para André, que recorda lembra as lições que leva de Alvalade: “Conheci um grande treinador, que me fez abrir os olhos para essa questão física e tática. Mesmo que não tenha sido por muito tempo, foram seis meses lá, mas aprendi muito com ele e é por isso que digo que vejo o futebol de maneira diferente”.