O jogo entre FC Porto e Sporting, a contar para 20.ª jornada do campeonato nacional de hóquei em patins, terminou com uma vitória dos dragões, mas com incidentes graves, segundo o Sporting, nas bancadas.

Em comunicado, o clube de Alvalade alega que Miguel Albuquerque, diretor para as modalidades do emblema leonino, foi agredido em plena tribuna do Dragão Caixa, encontro onde esteve presente o presidente dos dragões, Pinto da Costa.

“Gostava de estar aqui para falar das melhores razões possíveis, mas é impossível estar aqui para falar de hóquei em patins. É a segunda vez que venho ao Dragão Caixa e o que se passou hoje nunca se tinha passado na minha vida em 20 anos de alta competição”, afirmou o dirigente em conferência de imprensa no final do encontro.

“Estar acompanhado do treinador de futsal do Sporting CP Nuno Dias, ser agredido verbalmente durante toda a primeira parte. É incompreensível ter sido agredido, é incompreensível agredirem senhoras que estavam connosco. É inadmissível o que se passou aqui hoje. As pessoas que andam no desporto devem pensar no caminho que querem para o hóquei em patins português”, acrescentou Miguel Albuquerque.

“O que se passou fora de campo é lamentável. A pessoa que agrediu está identificada”, finalizou em conferência de imprensa.