Depois da difusão da noticia sobre a saída de Vicente Moura do cargo de Vice-presidente para as modalidades do Sporting, o clube leonino já reagiu ao sucedido.

Em comunicado lançado no site oficial do clube, os leões revelaram que o dirigente abandonou o emblema verde e branca por razões de saúde.

“O Presidente da Mesa da Assembleia Geral do Sporting Clube de Portugal informa que, alegando motivos de saúde, o Vice-Presidente para as Modalidades do Clube, Cmdte. José Vicente de Moura, lhe solicitou a dispensa do cargo executivo que desempenhava até agora”, podia se ler.

O Sporting agradeceu ainda a José Vicente de Moura pelo serviço prestado ao clube desde 2013 – ano em que Bruno de Carvalho venceu as eleições leoninas.

“Ao Comdte. Vicente de Moura, e em nome dos Órgãos Sociais e dos Sócios do Sporting Clube de Portugal, agradeço todo o Esforço, Dedicação e Devoção com que sempre serviu o Clube e manifesta o reconhecimento devido pelo contributo que deu para o engrandecimento do Sporting e para que o ecletismo continuasse a ser parte indispensável do nosso ADN”, sublinharam.

“José Vicente de Moura tem um currículo que fala por si. Além de atleta de diversas modalidades, foi sempre um defensor do ecletismo, distinguiu-se também como dirigente desportivo tendo ocupado, entre outros cargos, a presidência do Comité Olímpico de Portugal”, recordaram.