O Astana é o adversário do Sporting nos dezasseis avos de final da Liga Europa. O nome da equipa campeã do Cazaquistão até nem assusta, mas o desgaste físico decorrente da longa viagem e as baixas temperaturas que os leões vão enfrentar poderão ser os maiores adversários da equipa de Jorge Jesus.

A primeira mão está marcada para 15 de fevereiro, altura em que a comitiva leonina fará uma viagem de avião até Astana, a 7300 km de Lisboa, que pode durar cerca de oito horas. A 2ª mão joga-se no dia 22. A diferença horária, entre Portugal continental e o Cazaquistão, é de seis horas e em fevereiro as temperaturas mínimas poderão chegar aos 18 graus negativos em Astana.

O estádio no qual se disputa o jogo é coberto, mas tem um piso sintético. Mais uma contrariedade para os jogadores do Sporting, que estão habituados a jogar em relvados naturais.

Sem grande historial no futebol europeu, o Astana, fundado apenas em 2009, destacou-se em 2015 quando se apurou pela primeira vez para a fase de grupos da Liga dos Campeões, tendo na altura defrontado o Benfica. Os encarnados empataram 2-2 no Cazaquistão e venceram 2-0 no Estádio da Luz.

O Sporting joga pela primeira vez contra o Astana, que terminou em 2º lugar no grupo da Liga Europa. Os leões caíram da Champions e Jesus assumiu que o Sporting “é uma das grandes equipas” da competição.