O Sporting não vai pagar os juros deste ano referentes aos 55 milhões de euros pagos pelo Novo Banco e Millenium BCP na compra de VMOC (Valores Mobiliários Obrigatoriamente Convertíveis) ao leões em 2011.

Nos primeiros anos depois da operação, o clube verde e branco pagava um juro anual de 3,5% mas este valor foi alterado quando os leões prolongaram a maturidade deste instrumento financeiro em 10 anos, até 2026. A taxa subiu para 4%, mas uma das condições para haver a remuneração do investimento dos bancos era a de haver lucros para distribuir aos acionistas. Caso não sejam suficientes para cobrir o valor integral dos juros, o montante “deverá ser reduzido ao valor dos lucros distribuídos verificados”.

Ora, a SAD do Sporting registou, em 2015/16, prejuízos de 31,9 milhões de euros. Assim, os responsáveis verde e brancos comunicaram esta sexta-feira à CMVM que não vão fazer o pagamento dos juros aos bancos referente a este ano.

“Não se verificaram lucros distribuíveis, pelo que, não estando preenchida a respetiva condição, não há, por referência à sexta data possível de pagamento de juros, 26 de dezembro de 2016, lugar ao pagamento dos mesmos”, pode ler-se no comunicado enviado à CMVM.