Perante a iminente saída de Jorge Jesus para o Paris Saint-Germain, é natural que em Alvalade possa começar a pensar-se num substituto e, apesar de o assunto estar em segredo quase absoluto, até porque Jorge Jesus é ainda o treinador da equipa principal, há alguns nomes que vão circulando em surdina.

Pelo que A BOLA apurou, há um que se destaca dos demais, no caso Pedro Martins, atual treinador do Vitória de Guimarães, cujo trabalho tem sido bastante apreciado pelos dirigentes leoninos, além de que já conhece bem o pensamento do Sporting, emblema que representou enquanto jogador.

Os registos de Pedro Martins no Rio Ave e no Vitória de Guimarães agradam aos responsáveis sportinguistas, que olham para o técnico como um jovem (tem 46 anos) ambicioso, que não tem problemas em lançar jogadores da formação, sabendo-se, pois, que a aposta do leão passará pela Academia.

Pedro Martins, ainda assim, não é nome único entre as alternativas a Jorge Jesus, lista onde podem surgir ainda Lito Vidigal, que se encontra, atualmente, no Maccabi Telavive, de Israel, Vítor Pereira, que luta com o TSV Munique pela manutenção na segunda divisão da Alemanha, ou Paulo Sousa, que parece estar de saída da Fiorentina. Outro nome falado terá sido o de Sérgio Conceição, mas este com menos força, pois, além de ter contrato com os franceses do Nantes, é representado pela Doyen Sports, empresa cujas divergências com o Sporting são conhecidas. O leão, entretanto, vai tomando precauções para o futuro…