Manuel Fernandes considera que a primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal, no Estádio da Luz, é a oportunidade perfeita para o Sporting melhorar a imagem deixada no dérbi com o Benfica, em casa, para o campeonato, que perdeu por 4-2.

Em entrevista a Bola Branca, Manuel Fernandes avisa que “o Sporting tem de rectificar a exibição” que fez em Alvalade perante os encarnados. O antigo capitão leonino considera que “este é um jogo diferente por ser de Taça”.

Apesar de a formação orientada por Bruno Lage ter demonstrado, no jogo anterior, estar “mais moralizada” que o Sporting, tendo sido “mais forte”, Manuel Fernandes acredita que o jogo desta quarta-feira pode ter um desfecho diferente. O antigo capitão leonino sublinha que, num dérbi, o resultado está dependente da “inspiração individual” dos jogadores.

Para o antigo avançado do Sporting, a receita para obter um bom resultado na Luz “passa por jogar com cabeça”, sabendo que é uma eliminatória “que é disputada a duas mãos”. Para além disso, Manuel Fernandes sugere a Marcel Keiser que opte por “fazer marcação individual a João Félix”, por ser um jogador que cria muitas dificuldades a qualquer adversário.

Finalmente, Manuel Fernandes olha para o momento desportivo do Sporting, considerando que a equipa de Alvalade “tem de lutar pelo segundo lugar no campeonato”, porque o primeiro “já é impossível”, e juntar a isso a conquista da Taça de Portugal. O antigo jogador do leões traça estes objetivos como fundamentais, para brindar uma massa adepta “que nunca abandonou a equipa”, mesmo estando tantos anos sem alcançar o título de campeão nacional.

O primeiro jogo das meias-finais da Taça de Portugal está marcado para esta quarta-feira, às 20h45, no Estádio da Luz.