Com a vitória em Chaves o Sporting reduziu a diferença pontual para o líder FC Porto (que perdeu em Paços de Ferreira). A equipa verde e branca está agora a três pontos do Benfica e a cinco dos dragões.

Em entrevista a Bola Branca Ricardo, antigo guarda-redes leonino diz que “o Sporting tudo vai fazer para atingir os objetivos traçados” incluindo o campeonato. O ex-internacional português acredita “que o título vai ser discutido até à última jornada” com os três grandes a terem a possibilidade de vencer a prova, sublinhando que “três ou quatro pontos são recuperáveis”, garantindo que “até ao lavar dos cestos é vindima”, e que ainda há muitos jogos para disputar.

Sobre a vitória do Sporting em Chaves, Ricardo viu uma equipa “dedicada, esforçada e séria” para conseguir os três pontos, mesmo com jogadores “menos utilizados” que conseguiram dar conta do recado.

Na próxima quinta-feira o Sporting joga na República Checa com o Viktoria Plzen, disputando a 2.ª mão dos oitavos-de-final da Liga Europa. Ricardo reconhece com “os leões partem em vantagem” depois do triunfo em Alvalade por 2-0, mas avisa que os checos “vão dar tudo para vencer”, mas entende que a equipa de Jorge Jesus “tem tudo para seguir na prova”, mostrando-se convicto que “o Sporting vai ganhar e vai dar mais prestígio” ao nosso país.

Depois do jogo em Trás-os-Montes a equipa leonina segue para a República Checa não permitindo grande descanso aos atletas do Sporting. No entanto, Ricardo diz que “os jogadores não podem dizer que estão cansados”, porque há muitas técnicas para rápidas recuperações, acrescentando que “quem quer andar na alta roda do futebol não pode andar com queixas ou lamurias” por realizar muitos jogos, sublinhando que os jogadores que forem ao Mundial “em maio vão dizer que estão frescos, por isso agora não podem estar cansados”, concluiu.