O Sporting conquistou hoje a Taça de Portugal pela 17.ª vez, ao vencer o FC Porto, por 5-4, no desempate por grandes penalidades, após o 2-2 registado no prolongamento, em final disputada no Estádio Nacional, em Oeiras.

O brasileiro Soares adiantou os ‘dragões’, aos 40 minutos, mas o Sporting chegou ao empate aos 45, com um autogolo de Danilo, que desviou um remate de Bruno Fernandes para a própria baliza e fixou o resultado que prevaleceu até aos 90 minutos. No prolongamento, o holandês Bas Dost deu vantagem aos ‘leões’, aos 101 minutos, antes de o brasileiro Felipe repor a igualdade, aos 120+1, forçando o desempate por penáltis.

Nos remates da marca dos 11 metros, o Sporting desperdiçou apenas um, enquanto Pepe e Fernando Andrade falharam para os ‘dragões’, permitindo ao clube lisboeta juntar a Taça de Portugal à Taça da Liga conquista em janeiro, numa final em que também bateu o FC Porto no desempate por grandes penalidades.

A Taça de Portugal foi para Alvalade e o Estádio Nacional sentiu os festejos de dezenas de milhares Sportinguistas.

Finalista na temporada anterior, derrotado pelo Desportivo das Aves, o Sporting ergueu a Taça de Portugal pela 17.ª vez, primeira desde a época 2014/15, e isolou-se atrás do recordista de triunfos, o Benfica (26).